Copyright © 2012 - www.salotech.com.br Todos os direitos reservados.

Facebook SALOTECH clique aqui                e CURTA

CASES | SALOTECH

​Aqui você vai encontar diversos CASES, que mostraram diferentes desafios que encontramos no nosso dia-dia, e poderá ver as abordagens que junto a nossos parceiros utilizamos em cada caso.  

INDÚSTRIA DE USINAGEM  - SANTA CATARINA

​Março de 2019

DESAFIOSALOTECH

Desafio: Revestir com uretano um piso em concreto em ótimo estado com agregados metálicos.

​Técnicas de correção: Revestir autonivelante base uretano.

​Materiais empregados: PRIMER  DE URETANO e AUTONIVELANTE URETÂNICO

Procedimento: fresamento da superfície com lapidadora diamantada, criação de sulcos de ancôragem e aplicação de autonivelante a base de uretano.

​​DESAFIO:  O concreto estava muito bom porém havia sido executado no passado com agregados metálicos que foram aspergidos em sua superfície.

    Tais agregados lamelares geram a blindagem da superfície e com isto as técnicas convencionais de preparação não eram eficientes e certamente geravam desplacamentos nos revestimentos.

    Os pisos de concreto com agregados metálicos são muito duráveis porém com a modernidade os clientes querem pinturas epóxi ou revestimentos a base de uretano com cores para definir células de trabalho, bem como tornar o ambiente mais claro e agradável de se trabalhar.

.

METODOLOGIA EMPREGADA:

   Com a avaliação da Salotech e da experiência da empresa aplicadora a técnica escolhida de preparo da superfície com sistema duplo consistindo do uso de fresa mais desbaste com lapidadora diamantada foi conquistada a aderência adequada permitindo a absorção pelo substrato do material a base de uretano (poliuretano vegetal) e para a conquista dos requisitos de aderência previstos na NBR 14050 referente a resistência de aderência para revestimentos a base de resinas em ambientes industriais.

   Sulcos de ancoragens foram criados conforme os requisitos para se aplicar os revestimentos a base de uretano.

 

SOLUÇÃO:

   Diante da dificuldade de se fazer aderir o revestimento de uretano autonivelante pretendido nesta usinagem com concreto que recebeu agregados metálicos lamelares aspergido na superfície do concreto quando fresco, técnicas especiais foram utilizadas pela empresa aplicadora Piso Zero.

   O concreto com agregados metálicos torna a superfície blindada em 1 a 2 mm de espessura não permitindo a penetração de óleos e muito menos de primers ou resinas de revestimentos. Mesmo com desbastadoras tipo lapidadoras e devido a elevada resistência destes agregados metálicos, o uso de desbastadoras convencionais com pedras abrasivas não consegue desbastar a superfície adequadamente. Foram testadas desbastadoras modernas tipo lapidadoras que acoplam diamantes porém os custos com desgastes das ferramentas seriam elevadíssimos.       Desta maneira decidiu-se então por preparo de superfície duplo com uso de fresa com roletes com insertes de diamantes seguido pelo desbaste com lapidadora. Desta maneira a Piso Zero conseguiu abrir a superfície e assim gerar a adequada ancoragem do revestimento de uretano (poliuretano vegetal) autonivelante da CJI indústria a qual atuamos.

CONCLUSÃO:  Com o envolvimento da experiência de décadas envolvendo a empresa aplicadora, a Salotech e os ótimos produtos pode-se adotar técnicas para o preparo de superfície adequado e assim o cliente Usinagem pode ter o que pretendia, atendemos sua expectativa de ter um piso impermeável aos óleos, claro e colorido, agradável, de fácil limpeza e bonito com a durabilidade que o revestimento a base de uretano para pisos promove.

   Para melhor acompanhamento da solução segura a ser conquistada sugerimos entrar em contato com a equipe técnica da CJI de Jaguariúna para que ela possa orientar a esta conquista.

PARCEIROS:

  • Facebook Classic
  • YouTube Classic